Buscar por "copacabana"

153 resultados

Lista

Locais

Emile Bar



Dentro do luxuoso hotel Emiliano, também na praia, fica o Emile, mais um bar de drinques em Copacabana. Em ambiente minimalista, encontra-se coquetéis autorais e releituras de clássicos, criações assinadas por Rodrigo Tadiotto. A carta traz opções refrescantes como o Orla (gim Malfy, maçã verde, switchell, pepino e limão siciliano) e o Sgto. Pimento (vodka Ketel One Citron, manjericão roxo, pimenta biquinho e Fever Tree Ginger Ale). Mais intenso, o Shakespeare’s Gentleman’s leva Bulleit Bourbon, vermute Punt e Mes, allspice dram  e bitter de capim limão. Todos custam R$45. 

Pool Bar

Quase centenário, o Belmond Copacabana Palace está rejuvenescido, todo moderninho. O hotel mais clássico do Rio passou por uma repaginada geral nas áreas comuns no fim de 2017. A piscina ganhou borda infinita  - o tchibum continua sendo apenas para os hóspedes, mas passantes podem curtir os drinques do charmoso Pool Bar, assinado pelo chefe de bares do hotel, Rodrigo Mello. Para bebericar, opções feitas para brindar no calor. No bar do hotel, as caipirinhas não poderiam estar de fora para os gringos (R$38). Em clima tropical, o Goiaba Fizz (R$46) leva vodka Belvedere, caldo de cana, Campari e água com gás. Já o Guaraná Collins (R$46) é preparado com o nacional gim Amázzoni, xarope de capim-limão, laranja e guaraná. A versão de Mojito (R$46) traz rum infusionado com carambola, limão, e hortelã. 

Tudo sobre o Copacabana Palace

El Born

O bar de drinques existe em Copacabana desde 2012. O nome remete a um dos bairros mais charmosos de Barcelona e os coquetéis seguem o clima espanhol, com oito opções de sangrias, bebida típica de lá. Na carta assinada por Zan Andrade há cinco jarras de sua autoria. A refrescante Dulcinéia leva Cointreau, laranja, tangerina, Aperol, kiwi, capim limão, maçã verde, vinho rosé e soda cítrica (R$118, a jarra de 1L). Já a Dietrich é preparada com cava (o espumante espanhol), licor Peach Tree, morango, goiaba, limão siciliano e hortelã (R$122).  

Outros drinques de assinatura são o Raízes do Brasil (foto), com gim Tanqueray, raiz de coentro, raiz de beterraba, Aperol, limão siciliano e vermute dry (R$32); e o Fresh, Fresh, Fresh, feito com vodka Grey Goose Orange, pepino, limão, gengibre, tangerina, hortelã e água gaseificada (R$34).

Para "picar" (petiscar), as clássicas croquetas de jamón (R$21,30 - 3 unidades); as apimentadas batatas bravas da casa (R$20,50) e tábuas de queijos (R$54,50 - pequena) e embutidos (R$53,90 - pequena). 

Onde comer peixes e frutos do mar em Copacabana

HØC Bar

A Rua Ronald Carvalho está consagrando o Baixo Lido como o novo point etílico-gastronômico do Rio: a quadra concentra Os Imortais, Melhores Cervejas do Mundo, Tasca Carvalho, Seu Vidal, Amir, entre outros endereços que valem a pena conhecer. E o  HØC (sigla para House of Cocktails; lê-se "rock") chega para integrar o time do polo e dos bares de drinques em Copacabana. Com ambiente descolado, o bar tem consultoria do mixologista Alex Mesquita e do chef Pedro Pecego. 

Top5 lugares para tomar vinho no verão
 
O balcão é comandado pela bartender Laura Paravato (ex-Copacabana Palace e Nosso), que estreia sua versão para o clássico da coquetelaria nacional: o "Raba de Galo" é preparado com cachaça Leblon, misto de vermutes rosso, Johnnie Walker Double Black e angostura (R$28). Quem curte gim tônica encontra quatro opções, como o Lord Basil: Bombay, manjericão, limão siciliano e tônica. Pedida para o verão, o  HØC também conta com uma ala de spritz. O Açaí Spritz (R$27) é preparado com licor de açaí, laranja e espumante. 

Quanto ao cardápio de comidinhas, com opções como ceviche, steak tartare e escondidinho, a execução ainda precisa ser ajustada. 

  • Site: www.hocbarrj.com.br
  • Endereço : Rua Ronald de Carvalho, 161, Copacabana
  • Telefone : (21) 3596-0333

Stuzzi Copacabana

Há sete anos agitando a rua Dias Ferreira, no Leblon, o Stuzzi é o novo bar de drinques em Copacabana. A segunda casa da chef Paula Prandini segue a mesma fórmula de sucesso: comidinhas italianas impecáveis, drinques e vinhos, com salão animado por música. O carta de coquetéis é assinada por Thiago Teixeira, que divide o bar com Rodrigo Jesus e Elizeu "Bolt" Cardozo. Sente-se no balcão e deixe-se levar pela competência e simpatia do trio.

Para começar, os apreciadores de Bloody Mary encontram um porto seguro com a receita bem temperada da casa: vodka Absolut Peppar, suco de tomate, suco de limão e fumaça líquida, guarnecido de presunto de Parma e pepino (R$33).  Entre os gim tônicas, o Salermo (R$42) é imbatível: gim Malfy, xarope artesanal de maracujá levemente picante, suco de limão siciliano e água tônica. Leve e refrescante, o Friuli Spritz leva gim, soda chardonnay, espumante e espuma de siciliano (R$31).  

Na cozinha aparente, são preparadas versões à moda italiana, como a coxinha com massa de polenta (R$33 - três unidades) e o hambúrguer de polpetone (R$34). Excelentes pedidas são as lulas crocantes (R$39), coroadas com molho de tomate de lamber os dedos, e os croquetes de cordeiro (R$36 - três unidades). A lasanha com queijo gratinado é uma das melhores que se tem notícias na cidade (R$39 ou R$45).

Uma volta ao mundo na rua Dias Ferreira: Top5 restaurantes para conhecer na badalada rua do Leblon

  • Endereço : rua Aires Saldanha , 13, Copacabana
  • Telefone : (21) 3796-9113