Buscar por "tijuca"

261 resultados

Lista

Locais

Cachoeiras do Horto

 Uma ótima pedida para o forte calor do Rio de Janeiro é ir para as Cachoeiras do Horto. Lá no Horto tem diversas cachoeiras para você aproveitar como, por exemplo, a Cachoeira da Gruta, dos Primatas, do Quebra, a do Jequitibá e a mais famosa que é a Cachoeira do Chuveiro. A trilha é bem tranquila, não tem nenhum mistério. Tem dois caminhos. Pela Zona Sul basta seguir pela rua Pacheco Leão até passar pela guarita onde indica a entrada do Parque Nacional da Tijuca. Pelo Alto da Boa Vista, subindo até a altura do Corpo de Bombeiros, onde tem uma bifurcação (tem placas apontando o caminho certo) que leva para a Estrada Dona Castorina, que segue em direção ao Horto e passando pela Mesa do Imperador e Vista Chinesa.

Queijo Coalho

Hits nas praias do Rio, os espetinhos de queijo coalho assados na brasa ganham versões gourmetizadas em restaurantes do Rio. 

É o caso dos cubos de queijo coalho empanados com chutney de goiaba à parte (R$26, 12 unidades - foto). A porção é do Spotlab, espaço de skate, arte e gastronomia na Ilha do Gigóia, uma ótima dica de passeio para o verão

Também na Barra da Tijuca, o novo Rio Beach Club prepara espetinhos de queijo coalho (R$12) e camarão (R$17) como entradinhas. 

A casa de carnes Maria e o Boi, em Ipanema, serve queijo coalho grelhado, com cogumelos e amendoins caramelados (R$32). Para acompanhar, o Ipanema Fizz: gin, mate, limão, bitters de cardamomo e soda (R$32). 

Em Botafogo, a Adega da Velha, restaurante de comida nordestina no Rio, prepara palitinho de queijo coalho grelhado (R$10) ou porção (R$25). O queijo também vem como recheio de pastel, com bastante cebola roxa (R$5,50 a unidade). 

Outro restaurante nordestino que prepara o queijo coalho é o Estação Baião de Dois, na Tijuca, que pode ser assado ou frito, servido com melado de cana (R$30). 

Drinques com mate

A bebida-ícone das praias cariocas, definitivamente, é o mate com ou sem limão. Das areias para as coqueteleiras, a bebida gelada virou base para drinks em bares e restaurantes do Rio.

Confira o Top5 mate da casa

No Vizinho Gastrobar, na Barra da Tijuca, Jéssica Sanchez criou o Beach, Please! (R$25): Rum Bacardi 8 anos, gengibre, chá mate e limão.

O grego Vokos, no Leblon, prepara coquetel a base de gim infusionado com chá de frutas silvestres, mate da casa, abacaxi, siciliano e pepino (R$29).

Outro restaurante no Leblon que prepara drinque com mate é o Togu. O Verano (R$27 - foto) leva bourbon, mate, xarope de gengibre, limão siciliano e tangerina. A receita também pode ser preparada na versão sem álcool (R$25). 

Do bar do restaurante Puro, no Jardim Botânico, sai o coquetel com gim, Cointreau, suco de limão e espuma caseira de erva mate (R$ 28). 

No balcão do L’Atelier Mimolette, em Ipanema, é preparado o Bon Chic Bom Genre (R$22) com rum abacaxi, elderflower e chá mate gaseificado, durante o happy-hour, seg-sex, das 16h às 19h.  



Bar Madrid | Tijuca

"Foi no Bar Madrid a nossa estreia como pais boêmios! O bar na Tijuca serve almoços deliciosos (e muito em conta!), petiscos espanhóis, como a tortilla (R$27) e bocadillo de calamares (R$25), e brasileiríssimos, como pastéis, coxinha e bolinhos. Para acompanhar, cervejas, vinhos e as batidas imperdíveis (R$7 - cada). Ah, área aberta é o que não falta por lá!", elogia. 

Vantagens: área aberta.

Liga dos Botecos

Imagina encontrar uma seleção de petiscos de alguns dos melhores e mais premiados bares do Rio em um único lugar? Sorria, você está na Liga dos Botecos. O bar na rua Álvaro Ramos, em Botafogo, oferece os best-sellers do Bar da Frente, Bar do Momo, Botero Bar e Cachambeer. Tem porquinho de quimono (R$33,80 - 6 unidades), bolinho de arroz (R$ 7, unidade), croquete de joelho de porco (R$22 - 6 unidades) e a escandalosa costela no bafo (R$93,90 a R$167,90). Uma boa dica para os indecisos - é difícil escolher entre tantas delícias! - é pedir a Tábua da Liga (R$72), que traz petiscos variados de cada cozinha (foto). Para acompanhar, chope gelado (R$6,30 a R$15,20) e drinques. O bom é que os bares da Praça da Bandeira, Tijuca, Laranjeiras e Cachambi, respectivamente, mantêm os mesmos preços na casa da Zona Sul.