Buscar por "museu do amanhã"

30 resultados

Lista

Locais

Museu do Amanhã e Fazenda Culinária - Praça Mauá

Cartão-postal da Praça Mauá, o grandioso Museu do Amanhã é um espaço de ciências e artes, que promove um encontro do passado, presente e futuro através da tecnologia – e de ponta, diga-se de passagem. A construção de arquitetura arrojada tem 15 mil metros quadrados, cuja extremidade, de frente para o espelho d'água do museu, abriga o restaurante Fazenda Culinária. Com ambiente charmoso, todo envidraçado, o espaço oferece diversas opções de cafés, bolos e lanches, compondo esse belo visual da foto.

Fazenda Culinária: Ter a qui, das 12h às 17h. Sex a dom, das 12h às 18h. 


Museu de Arte do Rio e Cristóvão Café e Bistrô - Praça Mauá

O Museu de Arte do Rio (MAR), na Praça Mauá, promove exposições, atividades educativas e programação musical relacionados à cultura e história do Rio de Janeiro. Para aproveitar ainda mais sua visitação, anote as dicas: toda terça a entrada no museu é gratuita e cariocas e moradores do Rio pagam meia-entrada (R$ 20 inteira, R$ 10 meia) todos os dias. Comece o tour pelo terraço do MAR, que oferece vista para a Praça Mauá, Museu do Amanhã e Baía de Guanabara (dá para subir até o último andar mesmo quem não comprar ingresso para entrar nas mostras). Depois da exposição, um pit-stop no agradável Cristóvão Café e Bistrô para um cafézinho coado (R$ 5,50) à mesa com uma generosa fatia de bolo (R$ 6), que tal?  Tem também dadinho de tapioca com queijo coalho e geleia de pimenta (R$ 18,90 - 6 unidades) e pão de queijo com diversos recheios (R$ 3,50), além de pratos executivos e sanduíches. 

Cristóvão Café e Bistrô : Ter a dom, 10h às 16h.

Demi-Glace Premium Grill | perfil executivo no Centro

A fórmula de grelhados com rodízio de acompanhamentos foi lançada há um ano e o sucesso é tanto que o Demi-Glace Premium Grill acaba de abrir seu segundo restaurante no Centro do Rio. A matriz fica perto do Largo da Carioca, já a filial é ótima opção para comer perto da Praça Mauá e do Museu do Amanhã. O esquema funciona assim: primeiro, o cliente seleciona um dos doze grelhados da casa, entre carnes, aves e peixes. Depois, é só aguardar as guarnições desfilarem pelo salão.

Entre as carnes, os destaques são a exclusiva e suculenta pontinha de picanha (R$62); o frango crocante (R$55) e o corte especial Demi-Glace (R$69), extraído de uma parte especial do Ancho. Galeto (R$53), tilápia (R$55) e french hack (R$78) também integram o grande elenco da casa.

Acompanham farofas, risotos e massas - servidas em charmosas panelinhas; os deliciosos palmito sautée, noisette de aipim, entre outras opções irresistíveis. Quem optar por pedidas mais leves, o valor também inclui variado bufê de saladas. 

  • Endereço : Rua Mairink Veiga, 6, Centro
  • Telefone : 3553-1606

ENCONTROS, DEBATES ETC

MULHERES DO AMANHÃ
O Museu do Amanhã comemora o Dia Internacional da Mulher (8/03) com semana dedicada às lutas históricas das mulheres. A programação de “O Amanhã é aqui e o agora é das mulheres” reúne mulheres notáveis para debater temáticas relacionadas à violência de gênero, mercado de trabalho, diversidade de raça, classe, além de muitos outros assuntos que atravessam os lugares sociais das mulheres na sociedade contemporânea.
Museu do Amanhã, Praça Mauá. De 6 a 10 de março. Grátis. 

VIAJAR É PRECISO
O Bossa Nova Mall apresenta o I Encontro Nacional de Mulheres Viajantes (foto), promovido em parceria com o grupo carioca Na Estrada com as Minas. A programação conta com mesas-redondas, workshops e atividades para mulheres que gostam de viajar sozinhas. Entre as convidadas, ganha destaque a Thaís Kuga do aplicativo 3Marias, que auxilia mulheres a encontrarem companhia para se sentirem mais seguras, e a blogueira Amanda Antunes, do Prefiro Viajar.

Bossa Nova Mall, Centro. Sábado, 10, às 15h. Grátis.

LITERATURA
A livraria Saraiva promove o encontro "A importância do empoderamento feminino na literatura", com Ana Lima, editora executiva da Galera Record, e Thati Machado, escritora e youtuber. 
Saraiva, Centro. Segunda, 12, das 18h às 19h. Grátis

Passeios

NÓS <3 PRAÇA MAUÁ
O mais recente ponto turístico do Rio, tanto para viajantes quanto para os próprios cariocas, a Praça Mauá é uma excelente opção de passeio na Região Portuária para toda a família. Lá, ficam o Museu de Arte do Rio, com exposições dedicadas à cultura e história da cidade (dica: subir no terraço para contemplar a vista); e o arrojado Museu do Amanhã, que virou o cartão-postal da praça, com bela vista para a Baía de Guanabara. Aliás, ambas instituições oferecem dias de visitação gratuitos (veja aqui). Nos arredores, há algumas opções de food trucks durante o dia.

ORLA DO CENTRO
Para além dos museus da Praça Mauá, faça uma caminhada pelo "Boulevard Olímpico" para ver os murais de arte urbana. Destaque para o mural do artista Kobra, que entrou para o livro dos recordes (se preferir, vá para lá direto de VLT, estação Parada dos Navios). Mais adiante fica o Aquário Marinho do Rio de Janeiro, o AquaRio, bom passeio para crianças e adultos, no VLT Parada Utopia. Seguindo para o outro lado, um ótimo passeio beirando a Baía de Guanabara até chegar ao CCBB-Rio, Casa França-Brasil e Centro Cultural dos Correios, com exposições gratuitas. 

O que fazer no Centro do Rio

VIVA A FLORESTA DA TIJUCA

Seja num passeio nas Paineiras ou numa visita ao Corcovado, o Centro de Visitantes Paineiras é uma opção de pitstop com vista panorâmica, praça de alimentação, que recentemente ganhou reforço do excelente Burger Joint, exposição permanente sobre o Parque Nacional da Tijuca e loja de souvenires. 

SOLTA AS FERAS

Uma atração do Rio que foi repaginada recentemente é o RioZoo. O parque passará por diversas transformações nos próximos anos, mas já conta com novas áreas de recreação infantil; a Fazendinha, onde a criançada pode alimentar os animais e passear nos mini pôneis, além de entender a origem dos alimentos que consomem todos os dias; e novas opções de lanchonetes e restaurantes, além de realizar eventos com food trucks. O zoológico do Rio também está implementando o conceito de enclausuramento inverso, onde saem as grades e o público circula pelo espaço em pontes suspensas.