Buscar por "pedra do sal"

13 resultados

Lista

Locais

Samba da Pedra do Sal | Gamboa

Outra famosa roda de samba na segunda-feira acontece aos pés do Morro da Conceição, região portuária do Rio de Janeiro. O  Samba da Pedra do Sal acontece desde 2009, no Largo João da Baiana, a partir das 19h. A grande pedra lisa torna-se uma arquibancada improvisada na qual centenas de pessoas se reúnem para beber e ouvir boa música. 

É de graça. 

Eventos de carnaval

Os eventos durante vários dias do carnaval que irão oferecer infraestrutura  para você curtir apresentações de blocos, escolas e rodas de samba com todo conforto - alguns, até com ar condicionado!

De 8 a 14
 - Carnaval Rio Scenarium | Lapa: tradicional casa de samba na Lapa, que atrai muitos turistas, apresenta intensa programação de bailes de carnaval. Baile de Máscaras (8); Baile à Fantasia (9h); Baile do Amor (10), Baile dos Blocos (11); Baile do Império Serrano (12); Baile da Ressaca (13) Confira a programação completa na página do evento. A partir das 20h. Ingressos a partir de R$50. 


De 9 a 13
 - CasaBloco | Casa França-Brasil, Centro: projeto inédito na folia carioca reúne manifestações do carnaval de rua e do samba, até 13 de fevereiro. Na Casa França- Brasil, acontecem durante todo o dia oficinas, feiras, rodas de samba, cortejos, festas, bailes e muito mais. Programação: Baile da Sebastiana (9); Baile do Casuarina (10); Baile Black Bom (11); Baile da Orquestra Imperial (12); Roda de Samba Gloriosa (13). Confira a programação completa no site



De 9 a 13 - 
Eco Samba | Parque Municipal Outeiro da Glória: evento acontece no recém-aberto parque, com blocos, rodas de samba, arte e gastronomia. Durante os cinco dias, de 12h às 15h, haverá baile infantil com tudo que a criançada tem direito para a diversão ser completa. De 15h às 17h os blocos Enxota que eu vou, Afoxé filhos de Gandhi, Arteiros da Glória e outros comandarão a festa. Das 17h às 18h o comando do evento ficar por conta da DJ Nicolle Neumann. Das 18h às 22h cada dia de festa terá uma roda de samba (PedeTeresa, Moça Prosa, Pedra do Sal, Sambastião e Pagode do Time de Crioulo) tocará o ritmo que o carioca mais gosta e que não pode faltar em qualquer festa carnavalesca! Para finalizar a festa, de 22h às 00h mais DJ.

Dias 10 e 11 - Rolé Carioca | Parque das Filgueiras, Lagoa: no sábado, a badalada Festa Ploc toca clássicos dos anos 80 em ritmo de carnaval. No domingo, é a vez do bloco Escangalha, com samba, axé, rock e pop, ambos às 18h. Food trucks de cervejarias artesanais e gastronomia de rua estacionam no parque para garantir a animação dos foliões. Sábado, das 14h às 00h; domingo, das 14h às 22h. Grátis.

De 10 a 13 - Carnaval Vogue Square | Barra da Tijuca: complexo realiza programação com roda de samba (9, às 18h); Feijoada do Boteco do Amaral (10h, às 13h); CarnaRock no Botto Bar (11, às 16h); bloco Põe na Quentinha e bateria da São Clemente (12, às 16h). Todos os dias haverá bailinho infantil, das 15h às 19h. Grátis. 

Dias 10, 11 e 17 - Bloco P[A]RADO | Prado, Gávea: blocos de rua se apresentam na área externa do restaurante no Jockey Club. Alguns destaques: Mulheres Rodadas, Agytôe, Volta Alice (10); Afrojazz, Batuque das Meninas, Corre Atrás (11); Trombloco, Amigos da Onça, Minha Luz é de Led (17). A partir das 13h. Ingressos R$50.

Dia da Consciência Negra

Dia 18 
Madrugada no Centro | CCBB, Centro: programação especial pelo Dia da Consciência Negra, com atrações como MV Bill, Baile Black Bom, Soul de Santa, Samba que Elas Querem, Afoxé Filhos de Gandhi, Eu Amo Baile Funk, entre outras. Confira a programação completa no site.

Dia 19 
Renascença Clube | Andaraí: feira, carimbó, apresentações de grupos afro, feijoada (R$25) e samba. A partir das 12h. Entrada gratuita até 16h; R$10 após.  

Mojubá | Circo Voador, Lapa: IFÁ, Afrojazz, Larissa Luz (foto), DJ Negralha e Bloco do Afrojazz. A partir das 20h30. Ingressos R$40. 

Dia 20 
Cortejo da Ciata | Centro de Artes Calouste Gulbenkian, Praça Onze: desfile da ecoescultura - obra do ateliê de experimentação escultórica do Centro de Artes Calouste Gulbenkian que homenageia Tia Ciata - levando-a ao encontro com o Zumbi (na Av. Presidente Vargas). Das 10h às 13h. Grátis.

Feijoada da Consciência Negra | Quilombo Sacopã, Lagoa: feijoada e samba com grupo Nó na Madeira. A partir das 14h. Grátis.  

Pequena África | Museu de Arte do Rio, Praça Mauá: historiadora faz tour gratuito pela Região Portuária, a Pequena África, em locais como o Cais do Valongo, a Pedra do Sal e o nascimento do samba aos pés do Morro da Conceição. Das 15h às 18h. Grátis. 



Circuito da Herança Africana | VLT Parada dos Navios

Em 2017, o Sítio Arqueológico Cais do Valongo, porto de chegada de quase um milhão de escravos africanos ao Brasil, foi declarado Patrimônio Cultural Mundial da Unesco. Em seu entorno, fica o Circuito da Herança Africana, com o Jardim Suspenso do Valongo  (com bonita vista da cidade), Espaço Cultural Pequena África, Espaço Cultural Casa da Tia Ciata,  Centro Cultural Municipal José Bonifácio e Cemitério dos Pretos Novos, entre outros. 

O Largo de São Francisco da Prainha é imperdível, bom para um almoço no Angu do Gomes ou petiscos no Armazém Zero4. Outra opção é subir o charmoso Morro da Conceição e almoçar no restaurante Imaculada. Às segundas, acontece a roda samba na Pedra do Sal, local que foi ponto de encontro, resistência e celebração dos negros. O samba também dá o tom nas noites do Trapiche Gamboa. No Afoxé Filhos de Ghandi, rodas de tambores acontecem esporadicamente (acompanhe a programação nas redes sociais).

.O que fazer no Morro da Conceição, na Região Portuária do Rio

Circuito Histórico e Arqueológico da Herança Africana

Durante o período de obras do Porto Maravilha, as escavações revelaram diversas histórias sobre a formação da sociedade brasileira. Os achados arqueológicos na região da Saúde, Gamboa e Santo Cristo motivaram a criação do Circuito Histórico e Arqueológico da Herança Africana, com seis pontos principais de visitação. O sítio arqueológico do Cais do Valongo, por onde chegaram mais de 500 mil africanos, hoje está conservado e concorre a Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco. No sopé do belíssimo Morro da Conceição, fica a Pedra do Sal (foto), foi ponto de resistência, celebração e encontro dos escravos, e que até hoje é uma referência cultural no Rio, com roda de samba às segundas. Outros pontos de interesse são o Cemitério dos Pretos Novos, Largo do Depósito, Jardim Suspenso do Valongo e o Centro Cultural José Bonifácio.

Quem quiser fazer uma visita guiada, o Instituto de Pesquisa e Memória dos Pretos Novos (IPN), com apoio da Cdurp, oferece um passeio gratuito por todo o circuito com duas horas e meia de duração. Confira as datas, horários e contatos no site do Porto Maravilha (link).